Translate

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Navarra 1940: o primeiro profissional


Em 1940, Varginha possuía uma empresa muito forte que era a Navarra & Irmãos, popularmente conhecida como Casa Navarra e fundada em 1912 por quatro irmãos. Começou a funcionar como oficina mecânica, caldeiraria e funilaria. Mais para a frente, além de ser representante da Ford, trabalhava com materiais para construção e eletrodomésticos. O prédio ficava à Rua Alves e Silva - veja foto acima - e até os anos 90 a Casa Navarra funcionou como loja de materiais para construção.O líder dos 4 irmãos, fundadores da Navarra & Irmãos, era Francisco Navarra, um apaixonado pelo futebol de nossa terra. Esta paixão foi a propulsora da montagem do primeiro time profissional que Varginha viu jogar: o Navarra Esporte Clube.

Foi escolhida as cores, preto e branco e contratados vários jogadores de gabarito que surpreendeu todos os habitantes da cidade. Entre eles estavam Jaime de Almeida, Quirino e o goleiro Luiz Borracha, que jogaram posteriormente no Flamengo (RJ) e Seleção Brasileira. Bibi, que saiu de Varginha rumo à Itália, naturalizou-se e jogou pela seleção italiana. Vieram ainda: Alberico e Romeu Felicori de Nepomuceno (MG). Estava montado o esquadrão do Navarra Esporte Clube, que passou a vencer todos os seus jogos, deixando os adversários desanimados e amedrontados quando enfrentavam os famosos “homens de preto”. Era nítida a diferença de categoria deste time perante os outros integrantes do campeonato municipal de Varginha.


A SURPRESA
Quando o Navarra enfrentou o Flamengo, um time recém criado, com apenas um ano de atividade e que tinha como presidente um rico e famoso fazendeiro de nossa região: Sr. João Frota, veio a primeira e única derrota do Navarra Esporte Clube. Falou-se muito pelos cantos e botecos da cidade sobre suborno - calças de tergal e chapéu, ternos e alguns contos de réis, um pacote de benefícios, que foi oferecido para cada um dos “homens de preto” amolecerem o jogo. Tudo boato e nada foi provado. Com a derrota, Francisco Navarra ficou muito revoltado e logo na segunda-feira dispensou todos os jogadores, desmanchou o time e abandonou o campeonato. Se tivesse continuado, certamente seria o campeão, pois tamanha era a superioridade do esquadrão do Navarra Esporte Clube. Neste ano, o Fluminense de Walabonso Nogueira, Targino Nogueira, João Urbano e Evaristo Carvalho foi o campeão, ao vencer na final, a Associação Varginhense de Esportes Atléticos - AVEA.
Foi uma pena ter acontecido este fato em 1940, assim teríamos mais histórias brilhantes para contar hoje. Este, talvez, tenha sido o melhor campeonato municipal que os torcedores de Varginha puderam assistir e com um time deste gabarito, teríamos muitas histórias para contar sobre os grandes jogos realizados no Stadium Varginhense.
Todos os anos, a Liga de Futebol Varginhense - LFV reunia para amistosos os melhores jogadores e formava a sua seleção. Em 1940 não poderia faltar os craques do Navarra Esporte Clube, além de jogadores do Flamengo e do AVEA, os mais importantes clubes da cidade naquele ano. Na foto acima o goleiro Luis Borracha (jogou no Flamengo-RJ e Seleção Brasileira), Canário (que em 1938 esteve no Palestra de BH), o grande craque varginhense Hélio Lúcio; Argemiro (avô deste que vos escreve) que teve uma brilhante carreira na cidade e era conhecido como “Argemiro, o quebra-canelas”, Odilon, Monge, Felipe Cruz, Camilinho, Penedo, Geraldinho, Dudu Navarra (”craque e goleador”) e Quirino (Flamengo e Seleção Brasileira). Abaixo, o recém fundado Flamengo de Varginha, o início de uma trajetória de glórias do mais famoso time de nossa cidade.


2 comentários:

  1. Apesar da superioridade tecnica e fisica em campo, digna de profissionais! Mas de administracao tao pouco amadora e sim provinciana! Ingenuidade achar que o Time nao fosse perder ou entrar na pilha dos corruptiveis bastidores de futebol marron da epoca, este blog e outros especializados em recuperar reliquias estao sempre buscando e tentando vivenciar ate a data presente ou um prospero futuro uma equipe do Interior digna de Assombrar os gramados brasileiros.Clubes como o ESAB por exemplo surgiu amador e teve que se dispor do futebol pois era tamanho o sucesso no profissionalismo, ou o Villa Nova Tri campeao Mineiro pela FMF 1933 34 e 35 etc...

    Eduardo Magalhaes.

    ResponderExcluir
  2. Linda foto de Varginha antiga. Gostei desta matéria muito. Parabéns!

    Selma Vga

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...